Apelo

Marta Morais da Costa

Não invoques os espíritos

contra a corrupção dos homens:

eles vivem na paz,

não virão para a guerra.

Não invoques a fúria paterna

para defender-te das injustiças:

aprende a lutar tuas próprias batalhas.

Não invoques o amor materno

para curar teus ferimentos do existir:

cura-os com a homeopatia do viver.

Não invoques o meu amor

para perdoar tuas ofensas:

aceita que ele está findo,

exaurido, estéril, ultrajado.

Nenhum apelo o fará renascer.

Foto por Karolina Grabowska em Pexels.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s